Del Rey Quality Hotel e turismo de foz comemoram a abertura da fronteira da Argentina para turistas

O governo da Argentina anunciou a reabertura da fronteira Puerto Iguazú-Foz do Iguaçu para os turistas brasileiros e internacionais para o fim de setembro de 2021. Essa é a primeira fase, enquanto a abertura total está prevista para dezembro de 2021. Isso acontecerá seguindo alguns protocolos. A notícia está sendo comemorada pelos turistas brasileiros e pelo setor de turismo de Foz, incluindo o Del Rey Quality Hotel, que aguardavam, ansiosamente, o momento da abertura da fronteira da Argentina e a retomada dos passeios para lazer e compras.

A retomada do turismo e hospedagens vai acontecer seguindo todas as novas normas de saúde, higiene e segurança, porém, ainda não há detalhes, porque o governo argentino ainda não publicou decreto que estabeleça normas e protocolos oficial.

800 turistas estrangeiros e 1000 argentinos

Conforme divulgado e publicado no portal Misiones On Line, poderão entrar, por dia, no país, um total de 800 turistas estrangeiros (normalmente esse número se refere a brasileiros e paraguaios) e mil argentinos que estão em outros países e pretendem reingressar ao seu país.

Segundo a diretora nacional de Migrações do país, Florencia Carignano, a reabertura será uma “prova piloto turística” em Iguaçu, ao se referir  à abertura da Ponte da Amizade, que permitirá o acesso de brasileiros a Puerto Iguazú. A cidade é um dos centros turísticos mais importantes e que movimenta mais pessoas, inclusive se comparado a Ezeiza (aeroporto de Buenos Aires), explicou a autoridade.

A data foi antecipada no Brasil como teste

A data oficial para reabertura é 1º de outubro, mas a diretora de Migrações explicou à imprensa que o projeto piloto na fronteira de Iguazú-Foz foi adiantado em quatro dias “para ver como funciona”, em relação à abertura de todas as fronteiras argentinas.

A partir de outubro, poderão entrar na Argentina os moradores de países limítrofes, desde que apresentem esquema completo de vacinação, exame PCR e teste de antígeno. A partir de novembro, o país reabre para o turismo em geral.

Fronteira Brasil - Argentina
Foto Cohen. Canada (Flickr)

A fronteira estava fechada após a pandemia desde o fim de 2020, tendo a medida prorrogada em 6 de agosto até 1 de outubro, sendo revista nesse momento.

Segundo a notícia, publicada pelo portal Misiones On Line, os pontos do protocolo podem sofrer modificações, segundo informaram do governo provincial. Por enquanto, a fronteira ainda não estará aberta para os iguaçuenses. O trânsito vicinal fronteiriço continuaria vetado, havendo autorização para circular unicamente para fins turísticos e gastronômicos.

Moradores de Puerto Iguazú poderão, no entanto, ir à Foz do Iguaçu, sem o uso de quota diária

Foz do iguaçu

Para que o iguaçuense vá à Puerto Iguazú, ele deve fazer reserva em restaurante para comprovar o intuito de lazer e turismo.

Pelo protocolo apresentado, está prevista a exigência do teste de PCR negativo para Covid-19, com menos de 48 horas de antecedência. O visitante tem que ter sido vacinado com, ao menos, uma dose da vacina.

De acordo com os critérios, o Centro de Saúde que está sendo montado em Puerto Iguazú poderá ser utilizado pelas pessoas que não fizeram seus testes antecipadamente.

Os turistas que tiverem seus exames de Covid-19 positivo, deverão cumprir o isolamento estabelecido pelas autoridades sanitárias dentro dos hotéis onde fizeram suas reservas.

Argentina

Isso vale também para os argentinos que seguem de volta ao país.

Ainda segundo os novos protocolos de entrada na fronteira da Argentina, os argentinos que saírem do país pela fronteira com Foz e voltarem dentro de 24 horas, terão que registrar o exame PCR negativo para Covid, para evitar que seja solicitado um novo teste no regresso.

Já o governador de Misiones, Oscar Herrera Ahuad, deixou claro que a Ponte Internacional San Roque González de Santa Cruz, que liga Posadas a Encarnación, no Paraguai, ainda permanece fechada.

Segundo informou o governador daquele país, a postura do governo provincial é a de manter a segurança sanitária, por isso não está na agenda próxima solicitar sua abertura.

As razões para não reabrir a fronteira com o Paraguai se fundamentam em recomendações internacionais para manter o equilíbrio epidemiológico e a atividade produtiva da região. As recomendações internacionais continuam sendo de menor mobilidade.

O que você precisa saber sobre a reabertura da Argentina

Fachada do Duty Free Shop Puerto Iguazu
Fachada do Duty Free Shop Puerto Iguazu – Argentina

Foram muitas as informações até agora, o que acaba gerando alguns desencontros de informações. Por exemplo, inicialmente, a entrada em Puerto Iguazú seria exclusiva para os brasileiros com reservas nos hotéis, restaurantes e em outros atrativos turísticos do lado argentino.

Apesar disso não estar claro e confirmado no protocolo que está em negociação, os operadores de turismo de Puerto Iguazú consideram que a sua elaboração é o pontapé inicial para a volta das atividades do setor.

Com base nas informações do governo, ainda não se pensa em restabelecer o trânsito com argentinos e iguaçuenses indo e vindo livremente entre os dois países. No entanto, com a retomada gradativa, a expectativa é de que a abertura total seja em dezembro de 2021.

As decisões já dão um respiro também para os iguaçuenses.

Aqueles que fizerem reserva em um restaurante de Puerto Iguazú para almoçar ou jantar, por exemplo, terão a liberação para a entrada na Argentina, desde que:

  • Apresentem o comprovante de reserva;
  • Cumpram os requisitos de saúde, como teste de PCR negativo ou comprovante de que recebeu pelo menos uma dose de vacina contra a Covid-19.

Isso vale também para os demais turistas de fora.

A permanência dos turistas brasileiros, sejam eles moradores de Foz do Iguaçu ou não, na Argentina, será definida de acordo com o tempo para participar da atividade a qual se inscreveu. Por exemplo, um período de jantar.

Entenda mais sobre o controle de acessos na fronteira

Pelo novo protocolo, será permitido que o turista brasileiro entre por Puerto Iguazú para ir a outra parte da Argentina. Mas, para isso, ele terá que informar qual o destino final e qual rota irá percorrer dentro do país. Além do mais, terá que manter ativo o aplicativo Misiones Digital, que irá controlar (e rastrear) se a pessoa fará paradas fora do que foi estabelecido.

A expectativa é que essa primeira experiência seja adotada até o fim de setembro e que evolua gradativamente para uma normalização do tráfego entre os dois países nos próximos meses.

Argentinos poderão ir a Foz sem quota diária

O secretário de Turismo de Misiones, José María Arrúa, divulgou na imprensa local que a intenção é criar um corredor turístico. “A ideia é que venham turistas para a Argentina e, naturalmente, para Misiones”, disse Arrúa.

Ainda seguimos sem definição de data exata para essa reabertura, mas a previsão é o mês de setembro.

É importante saber ainda que, nessas restrições, não estão incluídos os moradores de Puerto Iguazú, que poderão atravessar a fronteira respeitando os protocolos sanitários. Para não ter que fazer novo exame no retorno, os vizinhos de Puerto Iguazú terão que voltar ao país dentro do período de 24 horas.

As etapas de reabertura começaram de forma aérea

Avião em pista de aeroporto em Foz do Iguaçu
Avião em pista de aeroporto em Foz do Iguaçu

 

O Instituto Nacional de Promoção Turística da Argentina (Inprotur) é o responsável por detalhar sobre a primeira fase de reabertura. O país reabriu sua fronteira aérea para os cinco países vizinhos: Bolívia, Paraguai, Uruguai, Chile e Brasil. Os turistas, que devem ainda obedecer a algumas restrições, poderão circular somente por Buenos Aires e La Plata.

Segundo Matías Lammens, ministro de Turismo e Esportes, as próximas fases já estão desenhadas, com a segunda etapa contemplando reabertura para uma lista mais extensa de países, incluindo a América Latina, e, na terceira etapa, com reabertura total, apesar de haver, ainda, algumas adversidades devido a situação pandêmica na Europa.

Vale lembrar que, por mais que a fronteira aérea esteja liberada, ainda há restrições para os viajantes que desejam entrar na Argentina, país que possui o selo Safe Travels do WTTC.

O passageiro precisa apresentar à companhia aérea seguro médico que cubra atendimento por Covid-19, declaração legal eletrônica preenchida 48 horas antes do embarque e teste PCR negativo realizado até 72 antes da chegada a Buenos Aires.

Sair

Voo regular para Foz do Iguaçu é anunciado pelo Floripa Airport

As boas notícias para os turistas e setor que trabalha com o turismo não param por aí. O Aeroporto Internacional de Florianópolis anunciou que irá se conectar diretamente com Foz do Iguaçu, no Paraná, um dos destinos mais visitados do país, a partir do dia 10 de setembro. O voo regular entre as cidades é inédito, já que antes a rota só estava disponível durante a alta temporada.

Com três frequências semanais, o voo operado pela Azul Linhas Aéreas acontecerá com aeronave Embraer 195, para 118 lugares. A nova programação desse voo vai incluir as segundas e sextas-feiras, com partida de Florianópolis às 12h e chegada em Foz do Iguaçu às 13h20, além de um voo no sábado, às 15h55, com chegada às 17h15.

“A ampliação dos destinos operados de maneira consolidada e não só na temporada de verão é uma das nossas estratégias para Florianópolis. Com Foz do Iguaçu, o Aeroporto de Florianópolis passa a ter mais rotas regulares domésticas do que tinha antes da pandemia, chegando a um total de voos diretos para 11 aeroportos. Antes da pandemia, eram 9. Trata-se da ligação direta entre 2 cidades importantes do cenário turístico nacional”, disse Ricardo Gesse, CEO da Zurich Airport Brasil.

Foz está como uma das principais opções de destino para os turistas, sendo reconhecida mundialmente e entre os 5 destinos mais recomendados no Brasil por viajantes com mais de 55 anos.

Com diversidade de atrativos, da natureza às compras e gastronomia, a cidade e toda a região reúne encantos para todos os gostos.

Atividades ao ar livre, natureza, passeios radicais, excursões ecológicas, parques aquáticos, excelentes hotéis e resorts, restaurantes e shoppings são algumas atividades que esperam pelos turistas.

Segundo o presidente da Santur (Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina), Renê Meneses, o novo voo é considerado um passo essencial para o turismo catarinense, encurtando a distância entre dois destinos turísticos tão especiais, como as cidades de Florianópolis e Foz do Iguaçu.

“A conectividade entre dois grandes destinos turísticos certamente vai estabelecer boas trocas, mais turistas e mais negócios para ambas as regiões”, reforçou o Superintendente de Turismo da Prefeitura de Florianópolis, Vinicius De Luca Filho.

Além de Foz do Iguaçu, Florianópolis tem voos diretos para mais 10 aeroportos: Guarulhos, Congonhas, Viracopos, Galeão, Santos Dumont, Belo Horizonte, Brasília, Chapecó, Porto Alegre e Curitiba.

Quer ainda mais novidades em Foz? Então vamos lá!

Foz vai ter Natal de Águas e Luzes

Usina de Itaipu

Este ano vai ter Luzes no Natal em Foz sim!

Com uma proposta inovadora, de se consolidar também como destino natalino, turistas e moradores deverão ser presenteados no Natal de 2021.

Elaborada pela Itaipu e produzida pela Celebra Eventos, o projeto vai ser abraçado pela Prefeitura e empresariado local. A ideia é fazer uso de elementos e tecnologias sustentáveis e modernas para criar o Natal de Águas e Luzes.

Será uma referência às Cataratas do Iguaçu, cartão-postal da cidade, e também à própria usina hidrelétrica, a maior em produtividade e recordista em geração de energia.

Aliás, a cidade de Foz, localizada graciosamente na fronteira do Brasil com o Paraguai e Argentina, é um dos roteiros de natureza e da engenharia humana mais conhecidos do planeta. E vem sempre ampliando seu portfólio de atrativos para dar ainda mais opções e conforto para os seus moradores e turistas.

A temática do evento é inspirada na fauna e na flora da região. A decoração prevê impacto numa área de aproximadamente 74 mil metros quadrados, distribuídos por um circuito de 37 quilômetros.

O Natal de Águas e Luzes é modular, ou seja, pode ser adaptado ao aporte de recursos conforme a adesão do empresariado.

O circuito tem como proposta inicial 33 pontos, que poderão ser incluídos ou adaptados. Durante a apresentação, que lotou o salão do Codefoz, dentro dos limites previstos nos cuidados preventivos contra a Covid-19, foi feito um pedido para incluir no roteiro a Ponte da Amizade.

O roteiro do Natal de Águas e Luzes inclui a Praça das Águas, com projeção, árvore, cortina de água, chafariz e túnel, com cores branca e azul. O Vale das Borboletas, o Espaço das Renas, o Refúgio das Capivaras, a Avenida das Estrelas, o Caminho Nevado e a Avenida dos Presentes.

O circuito prevê ainda uma Feira de Natal, com gastronomia e artesanato da tríplice fronteira; uma parada de Natal na Avenida Paraná; shows; oficinas para capacitar os artesãos a fazerem souvenires com a temática do Natal de Foz.

Cataratas está entre os 10 dos 500 destinos turísticos imperdíveis do mundo

A Lonely Planet, uma das maiores e mais tradicionais editora de guias de viagens do mundo, incluiu as Cataratas do Iguaçu entre os top 10 de todos (500) destinos turísticos. Este foi o único destino brasileiro a fazer parte do “guia definitivo de lugares turísticos imperdíveis”, lançado pela editora britânica.

As Cataratas estão localizadas na fronteira com a Argentina, de onde suas belezas também podem ser apreciadas. Da América do Sul, estão na lista, ainda, Machu Picchu, no Peru, e o arquipélago de Galápagos, no Equador.

Selo de Turismo Responsável: aumenta busca por destinos nacionais

A procura por destinos brasileiros aumenta após o aumento da vacinação, incluindo a cidade de Foz do Iguaçu. Os números foram registrados pelas agências e operadoras de viagem, com estimativa de 20% em relação a junho deste ano.

As viagens internacionais estão em baixa, com taxa de ocupação de 33%, segundo as mesmas fontes.

O volume de pessoas que haviam deixado de viajar devido à pandemia deu origem a uma demanda reprimida. Com o avanço da vacinação e maior adesão ao Selo de Turismo Responsável pelos equipamentos turísticos, observou-se a alta do turismo no segundo semestre.

Foram distribuídos 29 mil Selos Turismo Responsável pelo país, iniciativa lançada em 2020 pelo Ministério do Turismo (MTur), que colocou o Brasil entre os 10 primeiros países do mundo a implementar protocolos sanitários para o turismo.

E por falar em premiação e selo, o Del Rey Quality Hotel, de Foz do Iguaçu, fica entre os favoritos dos viajantes do mundo todo, conquistando, novamente, dois prêmios do Travellers Choice 2021, do Tripadvisor. O que você está esperando? Vem pra Foz!

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

2 Adultos, 0 Crianças
Adultos
Crianças
Guardar Informação
Reserve agora, com o melhor preço garantido