Viajar com agência ou por conta própria? Saiba a melhor opção!

Posted on

Viagens são uma das formas preferidas de muitas pessoas para curtir férias e folgas. No entanto, decidir entre viajar com agência ou por conta própria pode ser uma tarefa bastante difícil. Muitos ficam em dúvida na hora de fazer uma escolha, pois geralmente a primeira opção custa mais caro, mas tudo vai depender do pacote, da agência, do local e da data que escolher.

Logo, a pergunta certa seria se você está pronto para aceitar os prós e contras de cada uma dessas opções para viajar e avaliar se o custo-benefício vale a pena.

Então, para ajudar a decidir como fazer a sua viagem, selecionamos algumas vantagens e desvantagens de cada alternativa, oferecendo dicas úteis para que você curta o melhor do seu passeio com economia e tranquilidade. Confira!

Vantagens de viajar por conta própria

Embora seja muito bom ter um roteiro pronto, tem dias em que as pessoas acordam e desejam fazer tudo diferente, não é mesmo? Viajar por conta própria garante essa liberdade, permitindo que o turista conheça o local da maneira que melhor lhe convier.

Liberdade

Normalmente, não se tem uma rotina totalmente estabelecida. Escolhemos um local que desejamos visitar e vamos descobrindo pontos turísticos. No caminho, vamos conhecendo outras atrações, o que torna a viagem extremamente rica. Afinal, não há ponto de vista melhor para explorar os locais do que o do pedestre.

Flexibilidade

A flexibilidade de horário é outra vantagem que atrai o turista que viaja por conta própria. Há pessoas que têm um ritmo mais tranquilo, por isso sempre buscam esquematizar sozinhas o roteiro. Fazer uma viagem por conta própria é o ideal para quem gosta de passear sem pressa de cumprir determinado cronograma.

Economia

Quando falamos de bolso, as vantagens também são significativas. Melhor ainda é se o turista dispõe de uma agenda maleável, ou seja, quando ele pode embarcar no meio da semana, dias em que os preços das passagens caem muito.

Organizando tudo por conta própria, é possível selecionar estadias mais baratas e simples, como o hostel. Para aqueles que vão desbravar o mundo em turma, existe a opção de alugar uma casa ou apartamento e dividir o custo com os amigos.

Se um dos obstáculos para viajar sozinho é a falta de companhia, isso não é um problema, uma vez que se conhecem muitas pessoas, podendo fazer amizades nos locais. Enfim, viajar sozinho proporciona a escolha do roteiro, tem um custo menor e ainda garante a maleabilidade de horários.

Desvantagens de viajar por conta própria

Pegar as malas e sair pelo país ou pelo mundo vai exigir o mínimo de organização, já que a pessoa é responsável por tudo, dede a compra das passagens e reserva de hotéis até a verificação das vacinas e documentos necessários.

Problemas com transporte

Se algum tipo de problema acontecer no aeroporto, o turista vai ter que resolver a situação sozinho. Por isso, é fundamental fazer um checklist de tudo aquilo que é necessário para viajar sem ter dores de cabeça. O ideal é sempre ficar calmo em situações complicadas e estar sempre preparado.

Problemas com hospedagem

Um dos problemas pode ser a hospedagem. Embora os sites de aluguel de casas e apartamentos — ou mesmo os hotéis — mostrem fotos, pode ser que o local não seja exatamente igual na realidade. Por isso, uma dica é sempre conferir os comentários de quem já passou pelo local.

Em síntese, as desvantagens de viajar por conta própria são o não suporte diante de possíveis problemas e muito mais trabalho para organizar.

Vantagens de viajar com agência

Quem não domina o idioma de um país ou que não teve nenhuma experiência lá fora, pode preferir fechar um pacote com uma agência. Veja como ela pode facilitar a sua viagem.

Planejamento e organização

A assistência vai desde a escolha do local até o check-in no aeroporto. O agente vai conversar com o turista para conhecer suas necessidades e desejos para escolher o melhor pacote.

O transporte do aeroporto para o hotel, passagem, passeio, aluguel de carro e uma infinidade de serviços podem ser contratados. Hoje em dia as agências não têm apenas modelos fechados de pacotes, elas contam com viagens personalizadas conforme o desejo do cliente.

Apoio com a documentação

Outro benefício é o auxílio com o dinheiro e a documentação. Ainda na agência, o turista vai preencher o formulário do passaporte e receber todas as instruções sobre o processo. O mesmo acontece com o visto. Já no caso do dinheiro, algumas agências fazem a ponte entre o cliente e a casa de câmbio, de forma que a pessoa não vai precisar se deslocar até o local para trocar o real pela moeda do país de destino.

Hospedagem garantida

Em caso de países menos tradicionais, também pode ser muito seguro e interessante deixar um profissional mais experiente planejar a viagem. Fazendo isso, a pessoa não corre o risco de se hospedar em lugares distantes e com acomodações ruins ou de fazer passeios perigosos.

Para os endereços nacionais, a facilidade que uma agência proporciona é fechar a passagem, hotel e translado de uma vez. Mais um benefício é que a consultoria continua durante a viagem, valendo também para as férias no exterior. Além disso, caso o cliente tenha o voo de volta cancelado, perca documentos ou sofra algum problema de saúde, pode acionar o agente ou a seguradora inclusa no pacote.

Desvantagens de viajar com agência

Gastos mais elevados

Toda comodidade vem com um custo mais alto e é claro que isso não vai mudar nas viagens que são organizadas a partir de uma agência. Um dos motivos de planejar a viagem sozinho é que se pode esperar por melhores preços, pesquisar com calma e optar por hospedagens alternativas. No fim, um valor bem barato é garantido.

Roteiro e hospedagem pré-definidos

Outro alerta é que algumas empresas trabalham apenas com hotéis a partir de determinado número de estrelas. Isso, obviamente, vai encarecer a estadia. Sendo assim, se a pessoa não gosta de viajar sozinha ou se o idioma é uma barreira, o pacote tradicional é a solução. Outro problema é que há roteiros e horários a serem seguidos, o que pode deixar a viagem um pouco menos flexível.

Para garantir valores mais agradáveis, é importante procurar as agências com antecedência, assim você aumenta as chances de economia. Se a pessoa já fez algumas viagens com determinado profissional da empresa, o recomendado é entrar em contato para garantir pacotes promocionais.

Resumindo, as desvantagens são custos mais altos, rigidez com horários e a pouca flexibilidade dos pacotes.

É fundamental estabelecer um roteiro que vai se encaixar no seu estilo. Caso viaje sozinho, se gosta de visitar os museus, mas não quer perder três dias com isso, você pode montar uma grade de passeios dentro das suas expectativas.

Ao viajar com agência, você não terá a opção de fazer um planejamento do seu gosto. Então, caso prefira essa liberdade, a melhor opção é viajar por conta começando a sua viagem antes mesmo de sair de casa, enquanto faz pesquisas, garantindo mais economia para o seu bolso e, claro, adquirindo mais conhecimento sobre o seu destino.

E aí, gostou deste texto e quer saber como escolher o melhor destino para curtir as suas férias? Então aproveite para saber como definir o destino perfeito na viagem em família!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *