Veja aqui tudo o que você precisa saber sobre compras no Paraguai

Posted on

Quem visita a cidade de Foz do Iguaçu tem a excelente oportunidade de atravessar a divisa e voltar para casa com a mala cheia de presentes. Fazer compras no Paraguai sempre foi uma referência de preços baixos e uma variedade incrível de produtos. Mas será que é só chegar lá, colocar tudo na sacola e voltar?

Não é bem assim que funciona. Ainda mais que, atualmente, há a questão do dólar alto e, por isso, é preciso ficar atento ao que pode trazer e ao que vale a pena investir no pequeno país.

Por esse motivo, separamos algumas dicas imperdíveis para ajudar você a encher o carrinho do outro lado da fronteira e voltar sem dor de cabeça. Quer conferir? Então, continue a leitura e tome nota!

Miniguia para fazer compras no Paraguai

Antes de começar a gastar, é importante considerar alguns detalhes e entender as regras da aduana, para saber o que pode e o que não é possível trazer de volta para o Brasil. Assim, você evita perder tempo e dinheiro durante a fiscalização. Confira abaixo.

O que pode trazer das compras no Paraguai?

Na verdade, é possível trazer muita coisa, desde que as quantidades não caracterizem que haverá revenda em território nacional. Abaixo, separamos alguns itens permitidos e que ainda valem muito a pena comprar lá fora, tendo em vista a diferença de preços.

Perfumes

Os perfumes comprados no Paraguai costumam sair bem mais em conta que no Brasil. Para se ter uma ideia, os famosos, na faixa de R$ 400,00 aqui, saem por cerca de R$ 160,00 lá. Compensa muito, não é mesmo? Uma dica é ficar atenta à origem do produto, tendo em vista que alguns podem ser falsos. Por isso, dê preferência por comprar em lojas e perfumarias.

Maquiagem

Se você gosta de maquiagem, o Paraguai é um verdadeiro paraíso. Marcas americanas muito famosas no Brasil são encontradas aos montes no país vizinho, com uma única diferença: os preços. Em geral, valem menos que a metade do que é cobrado aqui. Mais uma vez, reforçamos a importância de dar preferência às lojas para garantir a melhor qualidade do produto.

Produtos para cabelo

Outros itens com preços muito vantajosos são os vários produtos para cabelo. Simplesmente tudo: shampoos, condicionadores, cremes, máscaras e outros, costumam ser vendidos, pelo menos, pela metade do valor, quando comparado ao Brasil. As marcas L’Oréal, John Frieda, Aussie e Joico são exemplos do que se encontra em promoção nas principais prateleiras paraguaias.

Cílios postiços

Ainda na área da estética, para chegar arrasando no Brasil, lembramos que cílios postiços, assim como outros acessórios de beleza, são extremamente baratos do outro lado da fronteira. Uma ótima oportunidade para quem gosta de usar e não quer gastar muito sempre que precisar.

Eletrônicos

Os eletrônicos também são um verdadeiro chamariz para compras no Paraguai. Enquanto no Brasil, diariamente, nos deparamos com preços bem salgados, do lado de lá as coisas são bem diferentes, na maior parte dos casos. Produtos como câmeras fotográficas, aparelhos celulares, caixas de som e acessórios de informática costumam ser muito vantajosos. No entanto, é sempre bom ter uma referência de preço, pois com a alta do dólar, alguns equipamentos talvez não compensem muito.

Bebidas

As bebidas alcoólicas, em geral, saem bem mais em conta nas compras do Paraguai. Lá é possível encontrar as melhores marcas de vodca, tequila, whisky e até vinhos, a preços muito competitivos. Vale a pena separar um espacinho na mala para garantir um bom drink depois.

Como mencionamos, é possível trazer tudo isso que citamos, mas é preciso seguir algumas regras. É o que veremos agora. Por isso, continue com a gente!

O que não pode, de jeito nenhum, comprar e trazer para nosso país?

Alguns produtos são proibidos de cruzar a fronteira e podem ser confiscados na aduana, caso tente entrar no país. Preparamos uma lista com os mais comuns:

  • objetos destinados à revenda ou a uso industrial;
  • cigarros ou bebidas, produzidos no Brasil e destinados à venda no exterior;
  • cigarros de marca não comercializada no país de origem;
  • brinquedos e réplicas de armas de fogo;
  • animais da fauna silvestre;
  • produtos assinalados como marcas falsificadas, alteradas ou imitadas.

Esses itens são os que mais suscitam dúvidas na hora de comprar no Paraguai. No entanto, a lista pode ser bem maior e com objetos e substâncias mais específicas. Por isso, consulte a Receita Federal para saber mais detalhes.

Qual a cota para compras no Paraguai?

Sim! Existe uma cota de compras no Paraguai e, de acordo com a aduana brasileira, o valor total dos produtos não pode ultrapassar U$ 300,00 por pessoa. Além disso, é preciso estar atento às quantidades permitidas para cada tipo de produto. Confira a lista abaixo:

  • máximo de 12 litros para bebidas alcoólicas;
  • 10 maços para cigarros e 25 unidades para charutos ou cigarrilhas;
  • 250g de fumo;
  • bens não classificados, como souvenires e pequenos presentes de valor unitário abaixo de U$ 5,00 (no máximo 20 unidades, desde que não haja mais que 10 peças idênticas);
  • até 10 mercadorias acima de U$ 5,00, desde que não ultrapassem 3 peças idênticas.



Os produtos de uso pessoal não entram na cota. Porém, ao comprar um eletrônico, como uma câmera ou um laptop, alegando ser de uso pessoal, não significa que estará isento da cota. Tudo dependerá da interpretação dos fiscais. 

Quando a cota é ultrapassada, deve-se pagar uma taxa de 50% sobre o valor superior à cota, ou seja, se você gasta U$ 500, o cálculo é baseado nos U$ 200 ultrapassados. Sendo assim, o imposto a ser pago é de U$ 100,00. Por isso, muita atenção para não estourar o orçamento.

Essas foram algumas dicas sobre compras no Paraguai. Sem dúvidas, viajar para Foz do Iguaçu é uma oportunidade única de atravessar as fronteiras e aproveitar um pouco dos preços vantajosos de nosso vizinho. Além disso, quem não gosta de trazer lembrancinhas de viagem? Nesse caso, dá para trazer para a família toda! Por isso, boa viagem e bons negócios!

Curtiu o post? Conhece alguém que vai para Foz do Iguaçu e quer dar um pulo no Paraguai para umas comprinhas básicas? Então, compartilhe esse artigo nas suas redes sociais e espalhe as dicas para seus amigos. Quem sabe alguém não anima de viajar com você?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *