Mercado Municipal de Foz do Iguaçu

Posted on

A primeira fase das obras tem duração de quatro meses e contempla a recuperação de toda a estrutura atual do prédio, com a substituição de calhas, esquadrias e armações metálicas, além da troca do telhado e paredes laterais por revestimento termoacústico – composto por chapas de alumínio e isopor.

Uma antiga reivindicação dos moradores de Foz do Iguaçu finalmente começa a sair do papel, com o início das obras do futuro Mercado Municipal, na área da antiga Companhia Brasileira de Alimentos, a Cobal, na Vila A. A iniciativa é uma parceria da Itaipu Binacional, Parque Tecnológico Itaipu (PTI) e prefeitura.

O projeto executivo, elaborado pelo PTI, prevê a instalação de até 70 boxes moduláveis, incluindo hortifrutigranjeiros, açougue, peixaria, laticínios e frios, empório, bebidas, mercearia, quiosques e restaurante. O modelo de gestão dos espaços ainda está em fase de estudos, mas a projeção é que o empreendimento gere 500 empregos diretos e indiretos. Além de movimentar o comércio, outra preocupação é dotar o prédio de soluções ambientalmente corretas, como aproveitamento da água de chuva e iluminação natural. No futuro, parte da energia poderá ser gerada por painéis fotovoltaicos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *